segunda-feira, 4 de maio de 2009

TERCEIRO GRANDE TESTE PASSADO COM GARRA E PERSONALIDADE: Beiriz, 0 - AFC, 1


Vitória de garra e carácter dos miudos do Averomar em Beiriz, num jogo muito difícil perante uma das melhores equipas do campeonato (3º classificado) e que nos tirou 2 pontos na primeira volta.

Desde os primeiros minutos se percebeu que não ia ser nada fácil levar os três pontos para casa, de forma a chegarmos à deslocação a Terroso em vantagem na classificação geral.

O Beiriz até começou melhor, com o primeiro remate perigoso à baliza. Mas pouco a pouco o AFC começou a crescer no encontro, com todo o grupo a lutar muito, a jogar em todo o campo, mostrando que estava ali para dar tudo.

A segunda parte começou com o AFC por cima, pressionando cada vez mais, na procura do golo. E este acabou por surgir na sequência de uma bela jogada do Bruno Ferreira pelo lado direito, com este a rematar cruzado e rasteiro para a defesa do GR adversário, que no entanto largou a bola para os pés de Sérgio, que não perdoou. Estava feito o golo que viria a ser o da vitória, porque nos minutos que faltavam o AFC uniu-se ainda mais para defender o resultado, com uma garra e personalidade que não nos param de surpreender em jovens tão novos. E pronto: agora venha domingo!

Palavra final para o Beiriz, uma equipa de muita qualidade, que será um prazer voltar a defrontar na final da Taça no próximo dia 31 de Maio.

Pelo AFC jogaram: Ismael; Diogo e Paulinho; João Paulo (c) e "Vita"; Sérgio e Zé Carlos

Ainda:

André Sencadas, Bruno Ferreira , Eduardo, João "Fucile" e Marco.

Golos; Sérgio

2 comentários:

Anônimo disse...

Prezado Professor:
Parabens pelo grande trabalho realizdo frente a escolinha de futebol do Averomar, sou professor de escolinha na cidade de careaçú, Estado de MINAS GERAIS - BRASIL, e acompanho sempre as noticias de sua escolinha... parabens pelo trabalho.

Professor Rene
Minas Gerais - Brasil

João Coelho disse...

Caro Rene,

muito obrigado pelas suas palavras! Como se costuma dizer: quem corre por gosto não cansa...

Espero que continue a acompanhar o nosso precurso e gostava de saber mais sobre o seu trabalho.

Abraço, João